Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Mirai renova esperança da mobilidade elétrica

É preciso ter muita má vontade para analisar os detalhes do Toyota Mirai, um sedã de 4,9 metros, e condená-lo por oferecer um porta-malas de “apenas” 371 litros. Na verdade, é incrível que um carro que carrega dois tanques de hidrogênio totalizando 112 litros – um sob o banco de trás, outro logo depois do eixo traseiro, pesando apenas 5 kg no total – consiga acomodar 79% das bagagens que um Toyota Corolla é capaz de levar. Afinal, o Mirai não é um carro qualquer.
O Mirai  é o automóvel que inaugura a “Sociedade do Hidrogênio”pois ele é o primeiro carro movido a hidrogênio a ser produzido em série– estreia no Japão com 700 pedidos dos clientes. Em 2016, a Toyota prevê produzir 2.000 unidades e em 2017, cerca de 3.000.

A diferença de um EV (Electric Vehicle) para este FCV (Fuel Cell Vehicle) é que a eletricidade vem dos tanques. O hidrogênio líquido alimenta a célula de combustível que fica no centro do veículo. A energia elétrica gerada é capaz de fazer o Mirai rodar por cerca de 650 km. E o melhor: ao contrário dos carros elétricos convencionais, que chegam a ficar oito horas plugados na tomada, o reabastecimento do Mirai é feito em apenas três minutos. Agora é preciso muito investimento para fazer da rede de abastecimento uma realidade, permitindo que os interessados possam comprar modelos fuel cell por valor competitivo e sem limitação de uso.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Mirai renova esperança da mobilidade elétrica
Publicado no Verdesobrerodas



Origem: Motorshow

Nenhum comentário:

Postar um comentário