Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

EPA quer que Volkswagen fabrique carros elétricos

A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) quer que a Volkswagen fabrique automóveis elétricos na unidade norte-americana de Chattanooga, no Tennessee, como forma de compensar pelos danos causados pela fraude das emissões, adiantou no domingo o jornal Welt am Sonntag. Não ficou claro, no entanto, se está em causa a produção de carros novos ou de automóveis já existentes, tendo em conta que há vários modelos da Volkswagen com motores híbridos, de acordo com a informação citada pela Reuters.
As duas entidades estão também a negociar o financiamento da Volkswagen a uma rede de estações de carregamento de carros elétricos nos Estados Unidos, à semelhança do que acontece em Portugal com a rede MOBI.E. A EPA, entretanto, está a ser pressionada por vários grupos ambientalistas e dos consumidores norte-americanos para que o gigante automóvel alemão exija mais medidas para reverter os danos pela fraude nas emissões de óxido de azoto.
 
“As reparações devem ser tão abrangentes para que a Volkswagen e outras empresas nunca mais se sintam tentadas a fazer batota”, referiu Frank O’Donnell, presidente da organização Clean Air Watch, citado pela Bloomberg. Foi nos Estados Unidos que, a 18 de setembro, a EPA anunciou que tinha detetado 482 mil automóveis com motor a gasóleo do grupo Volkswagen. Poucos dias depois, a Volkswagen indicou que, em todo o mundo, havia 11 milhões de carros afetados por esta situação.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: EPA quer que Volkswagen fabrique carros elétricos
Publicado no Verdesobrerodas



Origem: Dinheirovivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário