Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Brasil é o únicor da América do Sul em ranking de carros autônomos

Que os carros autônomos mostram-se um caminho inevitável para o médio e longo prazos isso já é certo. Agora uma interessante pesquisa realizada pela consultoria KPMG revela os países que estão melhor preparados para lidar com essa nova tecnologia e a situação do Brasil não é tão favorável.

De acordo com o estudo, de 20 países pesquisados o Brasil ficou a frente apenas de Rússia, México e Índia, ocupando a 17ª colocação na pesquisa.

Vendas do Model S crescem 30% e superam concorrentes europeus

Nem tudo são más notícias para a Tesla. Já o vimos acontecer nos EUA, e agora na Europa — o Tesla Model S já vende mais que as berlinas de luxo alemãs.

Podemos sempre debater se o Tesla Model S é um real rival das berlinas de luxo alemãs — Mercedes-Benz Classe S, BMW Série 7 ou Audi A8 —, mas a JATO Dynamics, que reúne e analisa os números referentes ao mercado automóvel, integra o Model S no mesmo segmento, juntamente com outras grandes berlinas como o Porsche Panamera.

Toyota investirá 2,3 milhões de euros em centro de investigação

O fabricante japonês de veículos Toyota vai abrir um novo centro de investigação e desenvolvimento (I&D) no Japão para incrementar a criação de modelos que respeitem o meio ambiente e cumpram as regulamentações cada vez mais exigentes.

A empresa, com sede em Aichi, no centro do país, vai investir 300 milhões de ienes (2.300 milhões de euros) nas novas instalações, na localidade de Shimoyama, na mesma província, que começarão a ser construídas em março, disse à agência Efe um porta-voz da Toyota.

Índia deveria fabricar a maioria dos componentes para os VEs

A Índia depende de componentes importados para fabricar veículos elétricos, e isso poderia deixar o país vulnerável a violações de segurança cibernética, segundo o principal think tank de políticas do governo.

A Índia deveria fabricar a maioria das peças necessárias para sua frota de veículos elétricos, porque o equipamento importado do exterior poderia estar comprometido, disse V.K.

Elétrico Bolt tem data mercada para chegar no Mercosul

A GM Mercosul prepara a chegada do Chevrolet Bolt. O monovolume elétrico já está confirmado para os dois principais mercados da região, sendo sua chegada esperada para o próximo ano, embora sua presença no Salão do Automóvel 2018 seja certeza.

Apesar do foco atual no modelo, o que a montadora americana não esconde, pelo contrário, dá ênfase total no lançamento do produto e em sua introdução por meio de serviços de compartilhamento e venda direta, outro produto de proposta ecológica pode chegar também, nesse caso, o Chevrolet Volt.

Repsol e Kia Motors criam sistema de carsharing

A Kia Motors Iberia e a Repsol vão criar WiBLE (Widely Accessible, bastante acessível), novo operador de carsharing que irá potenciar a mobilidade sustentável nas cidades e suas periferias.

Madrid foi a cidade escolhida para o lançamento deste novo serviço na Europa, em linha com a estratégia da Kia de fazer com que este serviço seja extensível a outros mercados, que funciona na Coreia do Sul desde o ano passado.

SsangYong está de olho no mercado de utilitários elétricos

A sul-coreana SsangYong está de olho no mercado de utilitários esportivos movidos por energia elétrica. O fabricante asiático – que a partir de março volta a estar presente no mercado brasileiro – estará em Genebra com um novo conceito, o chamado e-SIV. A designação é uma abreviação de “Electronic Smart Interface Vehicle”.

A proposta é de um utilitário esportivo de propulsão elétrica e dotado de condução autônoma.

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Volvo lançará versões híbridas e uma pruramente elétrica do XC40

A Volvo revelou nesta segunda-feira (19) o primeiro motor de 3 cilindros de sua história de 91 anos. O propulsor de 1.5 litro faz sua estreia no SUV XC40 e trabalha em conjunto com transmissão manual de 6 velocidades. 

Para 2019, está programada a chegada da transmissão automática de 8 velocidades como opcional. De acordo com a empresa, o motor de 3 cilindros também servirá para modelos híbridos no futuro. Além da nova opção com motor 3 cilindors, a Volvo disse que lançará versões híbridas e uma pruramente elétrica do XC40 no futuro.

Volkswagen divulga modelos conceito elétrico da família ID

Ainda não é o sucessor da Passat e a proposta nem se aproxima disso. A Volkswagen acaba de divulgar um teaser de seu quarto conceito elétrico da família ID, batizado de Vizzion. 

Trata-se de um longo sedã em estilo fastback que será o principal destaque da marca de Wolfsburg no Salão de Genebra, que ocorre no mês de março. Com foco na conectividade, condução autônoma e segurança, o conceito Volkswagen ID Vizzion estará sendo direcionado para um perfil de cliente de mais idade, que mais adiante não terá condições de dirigir, mas ainda assim precisa de um carro confortável, seguro e autônomo para a dia a dia.

Veículo elétrico da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi é lucrativo

A Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi é o único fabricante que ganha dinheiro com elétricos. Verdade? Não garantimos, mas o seu CEO, Carlos Ghosn, diz que sim!

Apesar do envolvimento que a grande maioria dos construtores automóveis demonstra relativamente aos veículos elétricos, anunciando mesmo e em alguns casos, a conversão quase total da sua gama, dentro de alguns anos, a verdade é que está ainda por apurar, de forma concreta e precisa, se a mobilidade elétrica consegue ser, já hoje em dia, um negócio viável e sustentável.